pasquins

pasquins

domingo, 10 de abril de 2016

Ganhar ao Setúbal e ao jornalixo dos pasquins e similares das TVs.


Pasquins e comentadores das TVs, já deram o mote para as jornadas da Liga: vai valer tudo para fabricar o campeão. Pelos vistos, até agora, as cobras e lagartos para condicionar as arbitragens tem sido mera entretenga de betinhos e namorados, em comissões e noutras áreas com responsablidades no xuto da bola nacional. Os coices, dislates, insinuações e suspeitas não merecem reparo ou punição, apesar de visarem alvos (pessoas) bem escolhidos e com poderes para influenciar a classificação final.
 Pasquins e similares, já manifestaram a vontade de verem a continuação do até agora visionado, ao invés de quererem ou preconizarem uma acalmia do ambiente em torno da competição.
No Benfica, quer LFVieira, quer João Gabriel, já prepararam os embates, dentro e fora do campo, para a vitória final. Faltam 5 finais até ao Marquês.

Quanto ao resto é deixar espernear as lagartixas

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Não queremos que os jogadores da Académica morram em campo. Garantir cedo a vitória, é a solução. Carrega Benfica




«O Benfica é uma grande equipa e temos de morrer em campo» - Pedro Nuno, jogador da Académica.

Pois é... meu caro. Temos muita pena que nos jogos anteriores não tivessem a mesma postura. Talvez a classificação fosse melhor. Convenhamos que esperar pelo Benfica para morrerem em campo é só pôr fim ao mal de que padecem e que nem o vosso presidente consegue curar. Votos para que saiam vivos de campo, e que somem mais uma derrota farta e cedo conseguida para evitar que morram.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

sábado, 2 de abril de 2016

Voando para o 35. Quando o cu tem a ver com as calças do Tonel

O voo antes da goleada 5 - 1  ao Braga, que deixa o rival a 5 pontos do bicampeão.

 Curiosamente, o rival joga contra a equipa do Tonel. O mesmo que ofereceu um penalti/golo/3 pontos, nos ultimos segundos, ao clube da cor do ranço (esverdeada). 

Ainda mais curioso (?) a equipa azul estar impedida  de usar energia electrica nos tratamentos e banhos quentes aos atletas que vão disputar na 2ª feira o encontro com os beneficiados pelo penalti do Tonel.

Obviamente, dirão os ingénuos, que o cu nada tem a ver com as calças.